IDENTIDADE: Digna de amor e beleza por Beatriz Andrade

Você já parou para pensar na razão de não gostar de alguma parte do seu corpo, dele todo ou do seu jeito?

Tudo caminhava bem, até você começar a olhar em volta e se comparar com as outras pessoas.

O mundo dita como devemos nos vestir, agir, como deve ser o formato do nosso corpo e muitas vezes, nos sentimos pressionadas a entrar no esquema para que possamos nos sentir bonitas e aceitas. Mulheres, sejamos sinceras… Quem nunca se sentiu assim?

O mundo (pessoas), não estão preocupados com os seus sentimentos. O “ser diferente” te machuca? Na verdade, a real beleza está em ser diferente, em ter o seu jeito (único). Não é a toa que a impressão digital de cada um é diferente. A beleza está em nossas diferenças e, a sua IDENTIDADE, precisa estar firmada em Deus, é com Jesus que você deve se parecer e quanto mais buscar, mais rápido irá descobrir a mulher linda que você é, tanto por dentro como por fora e que não precisa tentar ser igual a ninguém, pois é amada do jeito é.

O trecho a seguir pertence ao livro “Eu quero! Eu posso! (Alice Sbeppard)

Não existe outra pessoa no mundo exatamente como você. Não seria monótono se todas fôssemos iguais? Temos a tendência de tentar adaptar-nos a um “modelo”, imitando outra pessoa, e isto não é de todo mau, mas grande parte do que tentamos imitar não está realmente em nós. Pode parecer falso ou afetado quando assumimos o papel. Você já pensou que a pessoa a quem está imitando pode estar por sua vez imitando outra? É melhor para nós sermos nós mesmas. Se perceber que está procurando imitar alguém, pare e pergunte a si mesma porque pensa que essa imitação é melhor do que a sua própria maneira de ser. Não pretendo insinuar que não devem ser feitas mudanças, mas mudar e imitar são duas abordagens inteiramente diversas. Tente decorar o versinho abaixo:

Eu sou especial, isso é verdade.

Ninguém faz as coisas que faço.

Ninguém anda como eu ando.

Ninguém fala como eu falo.

Ninguém diz o que eu digo.

Ninguém ora como eu oro.

Eu sou especial, como pode ver.

Não há ninguém que eu gostaria de ser, além de mim mesma.

 Beijinho

Beatriz Andrade

DSC04635-1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s